Festival Internacional Pachamama
Cinema de Fronteira Itinerante no Amazonas

Cinema ao ar livre e oficinas marcam a itinerância do Festival no Rio Negro

O Ministério da Cultura, por meio do FNC, apresenta a edição itinerante do Festival Internacional Pachamama – Cinema de Fronteira, contemplado pelo edital Amazônia Cultural, que irá ocorrer no Estado do Amazonas, nos municípios de São Gabriel da Cachoeira e Barcelos, ambos nas margens do Rio Negro, e em Iranduba, de 14 de abril a 04 de maio de 2015.

A programação itinerante irá contar com a exibição de filmes da última edição do Festival, por meio de um telão inflável, nas praças das cidades beneficiadas, um verdadeiro cinema ao ar livre para toda a comunidade, promovendo, assim, a fruição dos produtos culturais latinos.

Além das exibições, visando contribuir com a formação dos agentes culturais locais, o festival oferece uma oficina de introdução ao audiovisual de 05 dias, em cada cidade pela qual passar, tendo como público alvo estudantes, fotógrafos, realizadores e interessados em geral. Todas as atividades do Festival são gratuitas.

Em São Gabriel da Cachoeira, a oficina vai acontecer nos dias 14, 15, 16,17 e 20 de abril, no Instituto Sócio Ambiental – ISA, das 14h às 17h, tendo como ponto de inscrição para participar o Ponto de Cultura do Rio Negro e a Mostra de Cinema irá ocorrer no dia 17 de abril, 19h, na Maloca do FOIRN. As atividades irão integrar a programação do Festival Intercultural do Rio Negro e do Grito Rock.

Em Barcelos, a oficina vai acontecer nos dias 22, 23, 24, 25 e 27 de abril, no teatro da escola São Francisco de Sales, das 14h às 17h, tendo como ponto de inscrição a Secretaria Municipal de Cultura e a Mostra de Cinema irá ocorrer no dia 25 de abril, 19h, na Praça Municipal R. Tenreiro Aranha, no Centro.

Em Iranduba, a oficina vai acontecer nos dias 22, 23, 24, 25 e 27 de abril, no Auditório Clomarcio Felix de Queiroz, Praça dos Três Poderes, Centro, das 14h às 17h, tendo como ponto de inscrição a Studio FM produções – Rua Biriba, 07 – Centro e a Mostra de Cinema irá ocorrer no dia 02 de maio, 19h, na Praça dos Três Poderes, em frente à Câmara Municipal.

Sobre o Festival Pachamama – Cinema de Fronteira

O Festival Internacional Pachamama – Cinema de Fronteira é realizado desde 2010 no Estado do Acre, sempre no mês de novembro, e tem como objetivo promover a integração cultural e amazônica entre Brasil, Peru e Bolívia, países que formam a tríplice fronteira acreana, assim como a integração entre os próprios estados amazônicos, por meio da criação de uma rede regional de produtores e consumidores de produtos e serviços multiculturais.

Ao longo desses seis anos o Festival não só conseguiu este feito, como ampliou suas fronteiras ao receber filmes e convidados de diversos países da América Latina (México, Cuba, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Colômbia, Equador, Venezuela, entre outros), contemplados em diversas mostras. Há três anos, como forma de ampliar ainda mais seu alcance, promove ações itinerantes no Peru, nas cidades de Cusco e Porto Maldonado.

Assim como reconhece a importância da diversidade cultural regional e a necessidade de preservá-la e revitalizá-la, encarando-a como um dos principais motores do desenvolvimento sustentável das comunidades, povos e nações, por meio, da linguagem de audiovisual e promoção da identidade amazônica/andina.

De acordo com seu diretor Sérgio de Carvalho, sentiu-se a necessidade de promover uma integração ainda maior com os estados amazônicos, buscando uma proximidade com as diversas iniciativas culturais que estão ocorrendo no Norte do país. Assim, nasceu a ideia do Pachamama – Cinema de Fronteira Itinerante, tendo como ponto de partida o estado do Amazonas.

O Festival Pachamama – Cinema de Fronteira itinerante é uma realização do Ministério da Cultura, por meio do Fundo Nacional de Cultura, contemplado pelo Edital Amazônia Cultural e conta com o apoio cultural do Fora do Eixo, Coletivo Difusão, Ponto de Cultura Indígena do Rio Negro, Prefeitura Municipal e Secretaria de Cultura e Turismo de Barcelos, Prefeitura Municipal e Secretaria de Cultura e Turismo de São Gabriel da Cachoeira, Prefeitura Municipal e Secretaria de Cultura de Iranduba, Instituto Sócio Ambiental – ISA, FOIRN, Espaço Cacuri, Cine alto Rio Negro, RENAJOC, Fundação de Cultura Elias Mansour.