PROGRAMAÇÃO

Faça download da programação completa em PDF.

1˚ Dia – 19/11 (Sábado)

CERIMONIAL DE ABERTURA
FILME: MONTEIRINHO SANFONEIRO DA FLORESTADir.: Clemilson Farias. Brasil, 2016, 14 min. Estreia mundial. Monteirinho nasceu no Seringal Cachoeira, em Xapuri, em uma família de músicos. Na sanfona encontrou inspiração para cantar sua vida de lutas e amores. Cinquenta anos depois, Monteirinho nos leva a uma festa na casa de seu tio Doca onde apresenta as origens de sua música.

Cine Recreio

19h

SESSÃO DE ABERTURA
FILME: ANTES O TEMPO NÃO ACABAVA – Dir. Sérgio Andrade e Fábio Baldo. Brasil, 2016, 85 min. Anderson é um jovem indígena que, em conflito com os líderes de sua comunidade e as tradições de seu povo, abandona a aldeia para viver sozinho no centro da cidade. Mas o Velho Pajé planeja trazê-lo de volta para mais um ritual.

Cine Recreio

20h

COQUETEL BAILE DO SERINGUEIRO

Gameleira

21h30

2˚ Dia – 20/11 (Domingo)

SESSÃO ESPECIAL
TODO COMENZÓ POR EL FINDir. Luis Ospina. Colômbia, 2015, 208 min. Um autorretrato do “Grupo de Cali”, também conhecido como “Caliwood”, grupo de cinéfilos que, em meio à rumba e ao caos histórico dos anos 70 e 80, conseguiu produzir um corpus cinematográfico que já é parte essencial da história do cinema colombiano.

Cine Recreio

15h

SESSÃO ESPECIAL
FILME: DESERTODir. Guilherme Weber. Brasil, 2016, 100 min. Livremente inspirado na obra “Santa Maria do Circo”, de David Toscana. Um pequeno grupo de artistas viaja pelo sertão brasileiro apresentando um espetáculo. Ao chegar num pequeno vilarejo, descobrem uma cidade abandonada, casas, igreja e uma fonte de água limpa.
HOMENAGEM AO ATOR LUIZ CARLOS VASCONCELOS

Cine Recreio

19h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: LAS CALLESDir.: María Aparicio. Argentina, 2016, 81 min. Numa distante cidade argentina, um projeto escolar leva alunos a conhecer e nomear, com conhecimento de causa, cada uma de suas ruas ainda sem nome.

Cine Recreio

21h

ESPETÁCULO: “SILÊNCIO TOTAL – VEM CHEGANDO UM PALHAÇO” com Luiz Carlos Vasconcelos.

O palhaço Xuxu vem da rua pela platéia e estabelece relações pessoais. Essas relações determinarão todo o espetáculo onde são realizadas mágicas, números musicais e de equilíbrio, todos como pretexto para revelar a natureza humana e risível do velho Xuxu.

Gameleira

18h

3˚ Dia – 21/11 (Segunda-feira)

OFICINA DE FOTOGRAFIA PARA CINEMA. Oficineiro: Pedro Von Krüger

Filmoteca Pública

9h-12h

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS. PROGRAMA 1
PAU DE SELFIE – Dir. Hiran Matheus. Brasil, 2015, 18 min. O primeiro filme (que se saiba) feito com um pau de selfie. Um ensaio de autorretrato e um flerte com o melodrama romântico.
DE FALSO A LEGAL EN UNA TOMA – Dir. Diego Lama. Peru, 2016, 4 min. Estreia internacional. Em um único plano-sequência: a distância entre Jirón Azángaro, uma das ruas mais perigosas de Lima, e o Palácio de Justiça do Peru, onde as leis são postas em vigor diariamente. Ironicamente, ambos estão separados por apenas uma quadra de distância.
ENTRE IMAGENS (INTERVALOS) – Dir. Andre Fratti Costa e Reinaldo Cardenuto. Brasil, 2015, 22 min. A vida de um artista em intervalos. A história de um país entre imagens. O documentário resgata a memória e a obra do artista ítalo-brasileiro Antonio Benetazzo, assassinado por agentes do regime militar.
FORASTERO – Dir. Iván D. Gaona. Colômbia, 2016, 20 min. Estreia brasileira. Leônidas tinha um restaurante com sua esposa, antes de ela o abandonar. Agora, um policial do povoado lhe pede que receba e atenda com comida a um forasteiro. Em breve, uma sequência de mortes em aldeias vizinhas alertará a Leônidas sobre seu visitante.
A MORTE DO CINEMA – Dir. Evandro de Freitas. Brasil, 2015, 19 min. Quando levantou a casa, o sonho viveu lá. Depois morreu e tudo mudou: ficou a ruína. Dizem que ruína é coisa alguma, mas não é verdade. Ruína é a casa do abandono.
LOS EXPLORADORES – Dir.: Fermín Eloy Acosta / Sol Bolloqui / Lucía Salas. Argentina, 2016, 9 min. Estreia internacional. Cansados da constante presença da natureza em suas vidas, um grupo de humanóides empreende uma jornada em busca de luz artificial e concreto.

Filmoteca Pública

15h

OFICINA DE MONTAGEM. Oficineiro: Renato Vallone

Sesc Centro

9h-11h

PALESTRA: SOCIOLOGIA DA IMAGEM. Com Silvia Rivera.

UFAC

14h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: LAS LECTURASDir.: Lorena Best Urday. Peru, 2015, 68 min. Estreia internacional. O projeto da Casa de Literatura em Lima foi reunir um grupo de leitores com o livro que marcou suas vidas, o que resultou em um documentário e ao mesmo tempo uma homenagem ao mestre Eduardo Coutinho.

UFAC

17h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: OS PÁSSAROS ESTÃO DISTRAÍDOS – Dir. João Vieira Torres e Diogo Oliveira. Brasil, 2016, 70 min. José Mauro, um homem idoso com dores de estômago, deve se mudar da casa onde viveu um longo tempo. Vai acompanhado por Hilda, a empregada que trabalhou muitos anos nesse mesmo espaço.

UFAC

19h

MOSTRA ÍNDIO
FILME: HUP BOYOH Dir. Jessica Mota e Alice Riff. Brasil, 2016, 28 min. Estreia mundial. Acompanhe a experiência na cidade dos indígenas da etnia Hupd’äh nas férias, quando vão para São Gabriel da Cachoeira, Amazonas, realizar trâmites burocráticos e acessar benefícios sociais.
FILME: PARA ONDE FORAM AS ANDORINHAS? – Dir. Mari Corrêa. Brasil, 2015, 22 min. O clima está mudando, o calor aumentando. Os índios do Xingu observam os sinais que estão por toda parte. Ao olhar os efeitos devastadores dessas mudanças, eles se perguntam como será o futuro de seus netos.

Cine Recreio

14h

MIRADA LATINA
FILME: ALBA – Dir. Ana Cristina Barragán. Equador, 2016, 98 min. Estreia brasileira. Alba tem onze anos. Uma tarde, sua mãe é internada no hospital e Alba deve passar a viver com Igor, um pai que mal conhece.

Cine Recreio

19h

MOSTRA IDENTIDADES
FILME: ELDORADO XXI: O SOM E A FÚRIA – Dir. Salomé Lamas. Portugal, 2016, 122 min. Na comunidade instalada em maior altitude no mundo, La Rinconada y Cerro Lunar (5500m), nos Andes peruanos, uma ilusão leva os homens à autodestruição, usando na contemporaneidade as mesmas ferramentas e meios que nos tempos antigos.

Cine Recreio

21h

CINEMA NOS BAIRROS – Seleção de curta-metragens
ESPETÁCULO: “SILÊNCIO TOTAL – VEM CHEGANDO UM PALHAÇO” com Luiz Carlos Vasconcelos.
O palhaço Xuxu vem da rua pela platéia e estabelece relações pessoais. Essas relações determinarão todo o espetáculo onde são realizadas mágicas, números musicais e de equilíbrio, todos como pretexto para revelar a natureza humana e risível do velho Xuxu.

Cidade do Povo

19h

4˚ Dia – 22/11 (Terça-feira)

OFICINA DE FOTOGRAFIA PARA CINEMA. Oficineiro: Pedro Von Krüger

Filmoteca Pública

9h-12h

MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS – PROGRAMA 2
DOS EQUIS (XX) – Dir. Jorge Ossio Seminario. Peru, 2016, 18 min. Estreia internacional. Uma menina que passa seus dias em uma rotina insuportável. Drogas e relacionamentos destrutivos tornam mais tolerável sua existência, mas, eventualmente, acabam por deixá-la exausta.
INTERVENÇÃO – Dir. Pedro Maia Brito. Brasil, 2015, 4 min. Cinema é um campo de batalha.
ESTA ES MI SELVA – Dir. Santiago, Andrés Reale. Argentina, 2016, 22 min. Estreia brasileira. Em Bonifacio, uma pequena cidade argentina devastada por uma enchente anos atrás, dois jovens passam seu tempo livre caçando pássaros e andando de bicicleta sobre os restos deixados pelo desastre.
LOS BARCOS – Dir. Dominga Sotomayor. Chile/Portugal, 2015, 20 min. Uma atriz chilena vai a Lisboa representar um papel secundário num filme. No dia seguinte, ela planeja conhecer a cidade, mas acaba com um estranho português, em uma região abandonada do outro lado da baía.
DEPORTIVO ESPAÑOL – Dir. Ignacio Verguilla. Argentina, 2016, 11 min. Estreia internacional. Deportivo Español observa a Morenada “Fanáticos del Folklore Boliviano” em Buenos Aires, traçando uma paisagem impressionista desse um universo em construção.
ESTADO ITINERANTE – Dir. Ana Carolina Soares. Brasil, 2016, 25 min. Vivi quer escapar de uma relação opressora. Em período de experiência como cobradora de ônibus, ela trabalha desejando não voltar para casa.

Filmoteca Pública

15h

OFICINA DE MONTAGEM. Oficineiro: Renato Vallone

Sesc Centro

9h-11h

 

LANÇAMENTO DO LIVRO: UNA ESTETICA DEL ENCIERRO: ACERCA DE UNA PERSPECTIVA DEL CINE BOLIVIANO de Sebastian Morales

Livraria Paim

9h

MOSTRA ÍNDIO
FILME: TEKOWE NHEPYRUN: A ORIGEM DA ALMADir. Gonzalo Ladines. Brasil, 2015, 49 min. Para os Guaranis, a alma é a conexão entre o corpo e o espírito. Este documentário apresenta o depoimento dos mais velhos da aldeia Yhowy, Guaíra, Paraná, compartilhando conhecimentos sobre a origem do seu modo de ser.
FILME: LONDRES COMO UMA ALDEIADir.: Takumã Kuikuro. Brasil, 2015, 20 min. Deixando por um mês sua família e povo na Reserva Indígena do Xingu, Takumã desembarca na Europa com uma câmera nas mãos, a paixão pelo registro visual e o desejo de explorar as similaridades e diferenças entre sua cultura e a dos hiperbrancos, como os Kuikuro designam os não-brasileiros.

Cine Recreio

14h

SESSÃO ESPECIAL
FILME: CINEMA NOVODir. Eryk Rocha. Brasil, 2016, 93 min. Um ensaio poético que investiga um dos principais movimentos cinematográficos latino-americanos, através do pensamento e fragmentos de filmes dos seus principais autores.

Cine Recreio

19h

MOSTRA IDENTIDADES
FILME: TEMPESTAD – Dir. Tatiana Huezo. México, 2016, 105 min. Uma mulher é mantida em uma prisão controlada pelo crime organizado, enquanto uma outra procura por sua filha desaparecida. Submersos em uma viagem de norte a sul do México, os dois testemunhos se entrelaçam e levam-nos para o centro de uma tormenta.

Cine Recreio

21h

PALESTRA: CINEMA E JORNALISMO. Com Pedro Butcher

UFAC

19h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: EJERCICIOS DE MEMORIA – Dir. Paz Encina. Paraguai, 2016, 69 min. Um menino mergulha em águas turvas; uma antiga casa e seus objetos; um grupo de crianças brincando na floresta. Registros policiais, fotos e depoimentos dos filhos de Agustín Goiburú, oponente assassinado no regime ditatorial de Stroessner no Paraguai, um dos episódios mais violentos da América Latina.

UFAC

21h

CINEMA NOS BAIRROS – Seleção de curta-metragens

Montanhês

19h

5˚ Dia – 23/11 (Quarta-feira)

OFICINA DE FOTOGRAFIA PARA CINEMA. Oficineiro: Pedro Von Krüger

Filmoteca Pública

9h-12h

DEBATE: CINEMA E POLÍTICA. Com Eryk Rocha e Ignacio Agüero

Filmoteca Pública

15h

OFICINA DE MONTAGEM. Oficineiro: Renato Vallone

Sesc Centro

9h-11h

LANÇAMENTO DO LIVRO: INEVITAVELMENTE CINEMA: EDUCAÇÃO, POLÍTICA E MAFUÁ de Cezar Migliorin

Livraria Paim

9h

MOSTRA COMPETITIVA DE CINE COMUNITÁRIO – PROGRAMA 1
VIVIENDO LOBITOS – Dir. Iván Vite Bancayan, Matías Sulca Córdova, Lucia Saenz Chapilliguen, Carmen Huamantingo Eche, Miguel Córdova Arica. Peru, 2015, 22 min. Estreia brasileira. Este documentário mostra Lobitos através dos olhos das crianças. Um lugar onde o mar e o petróleo convivem de maneira estranha.
LOCOS – Dir. Alberto Jimenez Encinoza. Venezuela, 2016, 19 min. Estreia brasileira. Em várias partes do mundo se celebra o dia dos Santos Inocentes dia 28 de dezembro. Na Venezuela, os Locos de La Vela são a maior, mais antiga e colorida manifestação popular desta data, um patrimônio cultural nacional.
MATACHINDE – Dir. Victor Palacios. Colômbia, 2014, 60 min. Estreia brasileira. A oito horas da cidade de Buenaventura (Colômbia) se encontra o caminho das Juntas de Yurumanguí, onde os habitantes desempenham a resistência cultural a partir das festas da Semana Santa.

Teatro Barracão

15h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: A CIDADE ONDE ENVELHEÇO – Dir. Marília Rocha. Brasil/Portugal, 2016, 56 min. O filme tateia o apartamento onde mora a portuguesa Francisca a partir da chegada da conterrânea Teresa, em consonância com os périplos por Belo Horizonte e os encontros que acontecem no corpo a corpo com a cidade.

Cine Recreio

17h

MOSTRA TRIFRONTEIRA
FILME: COMO EN EL CINE  – Dir. Gonzalo Ladines. Peru, 2015, 100 min. Estreia brasileira. Nico reúne antigos colegas de faculdade a fim de realizar um curta-metragem de baixíssimo orçamento. Juntos, vivem situações absurdas que os levam a questionar a sua amizade e a direção de suas vidas.

Cine Recreio

19h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: VIEJO CALAVERA – Dir. Kiro Russo. Bolívia, 2016, 77 min. O primeiro longa-metragem do boliviano Kiro Russo conta a história de um jovem perturbado, que com a morte do pai deve retornar ao povo de Huanuni e trabalhar nos túneis de mineração de uma Bolívia bastante atual.

Cine Recreio

21h

MOSTRA NOTURNA
FILME: O EXPERIMENTO – Dir. Geisla Fernandes e Wllyssys Wolfgang. Brasil, 2016, 17 min. A breve e intensa jornada de Bárbara, uma deficiente visual que, em meio a um apocalipse zumbi, é contaminada pela mordida de um morto-vivo.
FILME: HISTERIA – Dir. Carlos Meléndez. México, 2016, 80 min. Estreia brasileira. Federico Anduaga, um arquiteto tímido e reservado, é vítima de um ambiente violento e abusivo. Ao começar a trabalhar em uma construtora, ele é forçado a ser cúmplice de corrupção na edificação de um residencial.

Cine Recreio

23h

SESSÃO ESPECIAL DE CURTA-METRAGENS
DEBATE COM O DIRETOR IGNACIO AGÜERO

UFAC

19h

CINEMA NOS BAIRROS – Seleção de curta-metragens

AEROPORTO VELHO

19h

6˚ Dia – 24/11 (Quinta-feira)

OFICINA DE FOTOGRAFIA PARA CINEMA. Oficineiro: Pedro Von Krüger

Filmoteca Pública

9h-12h

MOSTRA IDENTIDADES
FILME: PRECISAMOS FALAR DO ASSÉDIO – Dir. Paula Sacchetta. Brasil, 2016, 80 min. Relatos de mulheres de 14 a 85 anos, de zonas nobres ou periferias de São Paulo e Rio, com diferenças e semelhanças na violência que lhes acontece todos os dias e pode se dar dentro de casa, em um beco escuro ou no meio da rua, à luz do dia.
DEBATE: PRECISAMOS FALAR DO ASSÉDIO. Com Paula Sacchetta

Filmoteca Pública

15h

PACHA CABOQUINHO
FILME: AS AVENTURAS DO PEQUENO COLOMBODir. Rodrigo Gava. Brasil, 2015, 88 min. Ano de 1460. O jovem Cris vai atrás do lendário mapa que está com o terrível capitão Bonneville. Cris, Léo (Da Vinci) e Lisa (Monalisa) embarcam em uma aventura através dos oceanos até encontrarem a poderosa criatura do mar, o Nautilus.

Cine Recreio

9h

MOSTRA COMPETITIVA DE CINE COMUNITÁRIO – PROGRAMA 2
GENTE DE TIERRA Y NUBES – Dir. Matteo Robert. México, 2015, 65 min. Este documentário explora o papel das bandas de música de vento nas comunidades indígenas de Oaxaca, México. Embora o país enfrente sérios problemas de tráfico de drogas, violência e corrupção, suas comunidades indígenas encontraram no respeito, na inclusão e na música a base para uma sociedade mais justa.
PERMANECER EN LA MERCED – Dir. Coletivo Left Hand Rotation. México, 2016, 96 min. Estreia brasileira. A luta e resistência de moradores e empresas, no bairro de La Merced, Cidade do México, contra a gentrificação e os excludentes planos de urbanização do governo local, que tenta impor um chamado plano de “Resgate” para mover e retirar a população original do bairro em favor de novos residentes e do capital privado.

Teatro Barracão

15h

HOMENAGEM A IGNACIO AGÜERO
FILME: SUEÑOS DE HIELO – Dir. Ignacio Aguero. Chile, 1993, 56 min. “Mas lá estavam elas. Eu já as tinha visto, era o que eu havia sonhado antes de partir. Como poderia ser que, ao final de minha viagem, eu desembarcava em meu próprio sonho? Quem controlava tudo isso?”

UFAC

19h

CINEMA NOS BAIRROS – Seleção de curta-metragens

Ramal Bom Jesus

19h

MOSTRA TRIFRONTEIRA – BRASIL
FILME: ALVARÁ Dir. Pedro von Krüger. Brasil, 2016, 16 min. Roberto busca a legalização de seu estabelecimento comercial, mas depara-se com a burocracia e a corrupção, e o sonho de obter o alvará de funcionamento do seu bar, onde investiu todo o dinheiro da família, começa a ser frustrado.
HOMENAGEM A DOMINGOS DE OLIVEIRA
MOSTRA TRIFRONTEIRA – BRASIL
FILME: BR 716 – Dir. Domingos de Oliveira. Brasil, 2016, 89 min. Na intensa boemia carioca nos anos 1960, o engenheiro e aspirante a escritor Felipe leva a vida entre festas alucinantes, realizadas num apartamento dado por seu pai, em Copacabana, mesmo em meio a um momento político complicado.

Cine Recreio

19h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: BEDUÍNO – Dir. Julio Bressane. Brasil, 2016, 75 min. Como toda a obra de Bressane, BEDUÍNO é um filme inclassificável, um exercício lúdico, um experimento dadaísta. Uma encenação de dois atores onde o jogo entre desespero e esperança é o protagonista.

Cine Recreio

21h

MOSTRA NOTURNA
FILME: DAEMONIUM SOLDADO DEL INFRAMUNDO – Dir. Pablo Parés. Argentina, 2016, 120 min. Estreia brasileira. Uma poderosa família contrata um grupo de mercenários para forçar o mago Fulcanelli a invocar um demônio, mas algo dá errado e o demônio assassina os mercenários, exceto Razor, que faz um pacto para ganhar poder. Ameaçado, procura Fulcanelli, talvez o único que possa salvá-lo.

Cine Recreio

23h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: WIK – Dir.           Rodrigo Moreno del Valle. Peru, 2016, 77 min. Estreia brasileira. O tédio e a solidão de três amigos em Lima, capital do Peru, sem perspectivas do que fazer, como se relacionar e para onde seguir frente à vida adulta que lhes bate às portas.

Teatro Recreio

19h

MIRADA LATINA
FILME: SOMOS LENGUA – Dir. Kyzza Terrazas. México, 2016, 83 min. Quem são os/as rappers no México? O que encontram nessa cultura, que a dita sociedade não lhes oferece? Como sua intensa relação com as palavras os transformou e os ajuda a sobreviver em um país que não lhes oferece oportunidades?

Teatro Recreio

21h

7˚ Dia – 25/11 (Sexta-feira)

OFICINA DE FOTOGRAFIA PARA CINEMA. Oficineiro: Pedro Von Krüger

Filmoteca Pública

9h-12h

PACHA CABOQUINHO
FILME: O QUE QUEREMOS PARA O MUNDO? – Dir. Igor Amin. Brasil, 2016, 70 min. Luzia é uma menina tímida, dona de um mundo interno cheio de fantasia e imaginação. Quando o seu professor de música pede para a turma criar uma apresentação em grupo, Luz se vê desafiada a transmitir toda a sua criatividade e tirar suas ideias do papel.

Cine Recreio

9h

MOSTRA COMPETITIVA DE CINE COMUNITÁRIO. PROGRAMA 3
VENGO VOLVIENDO – Dir. Gabriel Páez, Isabel Rodas. Equador, 2015, 143 min. Estreia brasileira. Ismael cresce sob o cuidado da avó Mariana, parteira e curandeira, desde que seus pais migraram ao Equador. Aos 22 anos, só quer viajar para os EUA. Acorda o preço com um coiote para isso, quando Luz, sua melhor amiga, retorna depois de oito anos fora, para encher Ismael de dúvidas.

Teatro Barracão

15h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: NANA – Dir. Luciana Decker. Bolívia, 2016, 65 min. Estreia latinoamericana. Vídeos caseiros feitos ao longo de alguns anos mostram Hilária, empregada da família de Luciana Decker por quatro décadas. O olhar encantado da garota, que tem na funcionária da casa uma referência afetiva e amorosa.

Cine Recreio

17h

MOSTRA COMPETITIVA DE LONGAS
FILME: MARTÍRIO – Dir. Vicent Carrelli e Tita. Brasil, 2016, 160 min. Todo o significado da palavra martírio materializado na aldeia Guarani Kaiowá, alvo de ações invasivas e genocidas. Os registros se iniciam em 1980, seguem por 10 anos e são retomados 20 anos depois, por conta de novos e sucessivos massacres.

Cine Recreio

19h

RETROSPECTIVA IGNACIO AGÜERO
FILME: EL OTRO DÍA – Dir. Ignacio Agüero. Chile, 2012, 120 min. As histórias do mundo interior de uma casa em Santiago do Chile são interrompidas quando desconhecidos tocam a campainha na porta da frente e, assim, entram no filme.

UFAC

19h

CINEMA NOS BAIRROS

Adalberto Sena

19h

MOSTRA TRIFRONTEIRA – BOLÍVIA
FILME: SOL PIEDRA AGUA – Dir. Diego Revollo. Bolívia, 2016, 70 min. Estreia internacional. Dado está prestes a ser pai. Seus fantasmas mais profundos emergem para confrontá-lo com o passado. As montanhas e sua câmera lhe mostram o caminho da liberdade e da reconciliação. Inspirado na poesia e vida de Guillermo Bedregal García.

Teatro Recreio

19h

MOSTRA NOTURNA
FILME: UNA NOVIA DE SHANGHAI – Dir. Mauro Adrizzi. Argentina/China, 2016, 73 min. Estreia brasileira. Dois folgados que sobrevivem como podem nas ruas de Shanghai têm problemas quando um fantasma contrata-os para atravessar a cidade carregando um caixão roubado de um cemitério, para unir além da morte um casal de amantes.

Teatro Recreio

21h

8˚ Dia – 26/11 (Sábado)

MOSTRA AMAZONIA – FILMES:
AUSÊNCIAS E PASSAGENS – Dir.: Danilo de S’Acre. Brasil, 2016, 30 min. Estreia mundial. Um filme experimental, ensaio de audiovisualidades com reflexões metafóricas, espirituais e lógicas. Movimentos e metamorfoses em forma de registros da cidade de Rio Branco e uma homenagem ao Rio Acre.
CADEIA VELHA Dir.: Messias Nunes. Brasil, 2016, 40 min. Estreia mundial. Com depoimentos de moradores e registros com mais de quarenta anos, o documentário homenageia e conta a história de um dos bairros mais antigos da capital do Acre.
SEU HÉLIO Dir.: Juca Badaró. Brasil, 2016, 29 min. A história de Hélio Melo, seringueiro nascido na Amazônia que, através de suas tintas extraídas das folhas da mata, denunciou a derrubada da floresta do chamado projeto Oeste.
HUAPA POJJEAMA (FAMILIA EN ESSE EJJA) Dir.: Carlos Andrés Eduardo Arce Delgado. Bolívia, 2015, 35 min. Estreia Internacional. Um povo amazônico apartado da modernidade, mas com os beneficios de toda sua cultura, vivendo como faziam seus ancestrais, tendo como o mais importante seu núcleo familiar e a harmonia com a natureza.

Cine Recreio

15h

CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO E ENCERRAMENTO
SESSÃO DE ENCERRAMENTO
FILME: ERA O HOTEL CAMBRIDGE – Dir. Eliane Caffé. Brasil, 2016, 99 min. A trajetória de um grupo de refugiados que divide com os sem-teto uma ocupação no centro de São Paulo. Na tensão diária pela ameaça de despejo, revelam-se seus dramas, alegrias e diferentes visões de mundo.

Cine Recreio

19h

PACHAFESTA

Usina de Arte

23h